Tag: Bárbara

Nascimento da Bárbara!

Quero compartilhar aqui, o nascimento da minha filha Bárbara, no dia 01/08/2014. Sim, eu já tinha passado por tudo isso, com meu filho João Paulo, mas dessa vez foi diferente. Eu pude curtir cada segundo com a certeza de que estava tudo bem. Isso não aconteceu quando o JP nasceu, pois ele foi prematuro. Além da ansiedade, eu estava muito tensa, preocupada. No nascimento da Babi (como a chamamos carinhosamente), não tinha espaço para a preocupação. Eu estava muito feliz e relaxada. Confesso que dei valor para cada momento e eternizei dentro de mim. Foi muito bom  poder recebê-la no quarto, mostrá-la para as visitas (que por sinal, foram muitas! Adorei!) e o mais importante: alimentá-la somente com o meu leite, desde o início.

 

Como descrever o nascimento de um filho??? Acho que é muito difícil alguém transmitir realmente o que sentimos nessa hora. Uma coisa eu posso afirmar: é o momento mais mágico que uma pessoa pode viver! Sentir o bebê na barriga, se mexendo, e logo depois, ouvir aquele chorinho gostoso, olhar aquele rostinho todo sujo e ao mesmo tempo… Lindo! Sou muito feliz por ter vivido isso duas vezes! Agradeço a Deus por ter me dado essa benção divina! Agadeço a Deus também, por ter me dado um marido maravilhoso, companheiro e um pai dedicado e carinhoso! 😉image

image image image image image image

Mais
compartilhe

Esperando Bárbara!

imageEsse ensaio foi feito com 32 semanas de gestação, com a super fotógrafa especialista em grávidas, Lidiane Lopez.

Ah, que saudade do barrigão! Eu curti muito as duas vezes que fiquei grávida, mas essa, mais ainda! Pois teve um gostinho de ser a última vez. Provavelmente seja mesmo. (dois filhos já está bom! rs) Curti cada minuto da gestação! Quanto mais minha barriga crescia, mais me sentia bonita. Muita gente me pergunta quantos quilos engordei na gravidez. Foram sete quilos. Engordei pouco, não porque fiz regime, mas porque não conseguia comer muito mesmo. Fiquei super enjoada no começo, o que fez com que eu até emagrecesse. E depois dos 4 meses, que passaram os enjoos, eu simplesmente não tinha muito apetite. Mas querem saber o que acho disso tudo? Nada importante. Acho que grávida tem que comer de tudo sim, se essa for a vontade. A última coisa que uma grávida tem que se preocupar, é com o peso. Depois tudo volta ao normal. :-) O importante é ser feliz!

Agora, fiquem com as fotos… Consegui convencer até meu marido, Lásaro, a participar! E nosso filho, João Paulo também, é claro!

imageimageimageimageimageimageimageimageimageimageimage

Mais
compartilhe