01.nov.2014 - 22:15h

Nascimento da Bárbara!

Quero compartilhar aqui, o nascimento da minha filha Bárbara, no dia 01/08/2014. Sim, eu já tinha passado por tudo isso, com meu filho João Paulo, mas dessa vez foi diferente. Eu pude curtir cada segundo com a certeza de que estava tudo bem. Isso não aconteceu quando o JP nasceu, pois ele foi prematuro. Além da ansiedade, eu estava muito tensa, preocupada. No nascimento da Babi (como a chamamos carinhosamente), não tinha espaço para a preocupação. Eu estava muito feliz e relaxada. Confesso que dei valor para cada momento e eternizei dentro de mim. Foi muito bom  poder recebê-la no quarto, mostrá-la para as visitas (que por sinal, foram muitas! Adorei!) e o mais importante: alimentá-la somente com o meu leite, desde o início.

 

Como descrever o nascimento de um filho??? Acho que é muito difícil alguém transmitir realmente o que sentimos nessa hora. Uma coisa eu posso afirmar: é o momento mais mágico que uma pessoa pode viver! Sentir o bebê na barriga, se mexendo, e logo depois, ouvir aquele chorinho gostoso, olhar aquele rostinho todo sujo e ao mesmo tempo… Lindo! Sou muito feliz por ter vivido isso duas vezes! Agradeço a Deus por ter me dado essa benção divina! Agadeço a Deus também, por ter me dado um marido maravilhoso, companheiro e um pai dedicado e carinhoso! 😉image

image image image image image image

Mais
compartilhe
31.out.2014 - 22:06h

Esperando Bárbara!

imageEsse ensaio foi feito com 32 semanas de gestação, com a super fotógrafa especialista em grávidas, Lidiane Lopez.

Ah, que saudade do barrigão! Eu curti muito as duas vezes que fiquei grávida, mas essa, mais ainda! Pois teve um gostinho de ser a última vez. Provavelmente seja mesmo. (dois filhos já está bom! rs) Curti cada minuto da gestação! Quanto mais minha barriga crescia, mais me sentia bonita. Muita gente me pergunta quantos quilos engordei na gravidez. Foram sete quilos. Engordei pouco, não porque fiz regime, mas porque não conseguia comer muito mesmo. Fiquei super enjoada no começo, o que fez com que eu até emagrecesse. E depois dos 4 meses, que passaram os enjoos, eu simplesmente não tinha muito apetite. Mas querem saber o que acho disso tudo? Nada importante. Acho que grávida tem que comer de tudo sim, se essa for a vontade. A última coisa que uma grávida tem que se preocupar, é com o peso. Depois tudo volta ao normal. :-) O importante é ser feliz!

Agora, fiquem com as fotos… Consegui convencer até meu marido, Lásaro, a participar! E nosso filho, João Paulo também, é claro!

imageimageimageimageimageimageimageimageimageimageimage

Mais
compartilhe
13.jun.2014 - 11:07h

Patricia Salvador Store

Meninas do Alphaville e região, vocês não podem perder a coleção da Patricia Salvador Store!

Venham nos fazer uma visita e ganhem 10% de desconto. É só falar que viram aqui no site, ok?!

Sejam todas muito bem vindas!!!

Patricia Salvador Store – Shopping Flamingo – Alameda Araguaia, 762 Loja 11 térreo – Alphaville, Barueri – SP

imageimageimageimageimage

Mais
compartilhe
14.maio.2014 - 16:09h

João Paulo

Esse é meu pequeno guerreirinho, João Paulo! Como perdi muito líquido aminiotico durante a gravidez, ele precisou nascer com 34 semanas. É claro que levei um susto quando soube, pois sabia que ele teria que ficar na UTI Neonatal por tempo indeterminado. O nascimento dele foi emocionante, lindo e rápido! Mas o ruim foi ver ele sendo levado rapidamente para a incubadora e longe de mim. Naquele dia, 17/01/2012, não vi mais ele. Fui levada para o quarto e tive que esperar até o dia seguinte, para visita-lo na UTI Neonatal. Não dá para descrever o que foi aquele dia para mim. Ao mesmo tempo que foi o dia mais emocionante, foi o de mais angústia. O pulmãozinho não estava totalmente preparado, por isso precisou ficar internado.
O mais difícil foi ter alta e ele não. Eu chegava as 09h da manhã no hospital, todos os dias e ia embora as 22h. Ficava o tempo todo do lado dele. Inesquecível foi o dia que pude finalmente carrega-lo no colo. Tão pequeno, frágil, ainda não respirava sem ajuda. Podia ficar somente uns minutos no meu colo, pois quando ele ficava fora da incubadora, a saturação dele caía. O ambiente da UTI é bem diferente do que eu imaginava. Extremamente barulhento, devido aos sons dos aparelhos. Super necessário. No primeiro dia, ficava tentando entender o que eram aqueles apitos, olhava aqueles números nos monitores e não entendia nada. Aos pouco fui entendendo e assim, ficava mais tranquila. Foram longos 10 dias de UTI. Uma coisa que me ajudou muito a passar por tudo isso, além das enfermeiras super atenciosas, foi o apoio e troca que tive das outras mães. Conversávamos muito e uma ajudava a outra. Só tenho a agradecer. Lembro que quando o João Paulo teve alta, fiquei com muito medo! Medo de não saber cuidar, de ter mais apnéias, de ser tão frágil… Falaram até que eu precisaria contratar uma babá ou enfermeira, mas achei melhor não. O que ele mais precisava era de mim. E assim foi. Não é a toa que dizem que quando um filho nasce, uma mãe nasce junto. Parei tudo e me dediquei totalmente a ele.
Hoje ele está com 2 anos, super forte e saudável! Para as mamães que também passam por isso, fiquem tranquilas. Sei que é difícil, mas se não tiver condições do bebê continuar a se desenvolver dentro da barriga, o melhor lugar para ele é na UTI Neonatal. Eu só tenho a agradecer o cuidado, a atenção e o carinho que os médicos e enfermeiras do hospital São Luiz tiveram com meu filho. 😉

 

JP na incubadora

JP na incubadora

A primeira vez que o carreguei no colo

A primeira vez que o carreguei no colo

Melhorando a cada dia

Melhorando a cada dia

Se aconchegando no colinho da mamãe

Se aconchegando no colinho da mamãe

Meu amorzinho

Meu amorzinho

Já usando roupinhas

Já usando roupinhas

Finalmente o dia que recebi a notícia mais maravilhosa do mundo: ele recebeu alta! Na foto com as enfermeiras Margareth e Joyce.

Finalmente o dia que recebi a notícia mais maravilhosa do mundo: ele recebeu alta! Na foto com as enfermeiras Margareth e Joyce.

Deixando o hospital!

Deixando o hospital!

João Paulo todo forte e saudável agora, com 2 anos!

João Paulo todo forte e saudável agora, com 2 anos!

Mais
compartilhe
12.maio.2014 - 15:21h
Mais
compartilhe
02.maio.2014 - 16:00h

Esperando uma menina…

Estou vivendo, novamente, uma das maiores emoções da minha vida! Quero dividir com vocês esse momento tão mágico na vida de uma mulher. Estou grávida de 24 semanas. O meu filho, João Paulo, vai ganhar uma irmãzinha! Quem já teve essa experiência sabe que essa é uma fase de muitas transformações. Não só no nosso corpo, mas dentro da gente. Uma mistura de felicidade e  medo. Acredito que seja assim com todas.

Essa gravidez está sendo bem diferente da primeira. Passei muito mal no começo, coisa que da primeira gravidez, já não aconteceu, apenas um pouco de enjoo. Como dizem, uma gravidez não é igual a outra. Agora já estou super bem. Mas como a barriga cresceu bastante de umas semanas pra cá, tenho sentido muita dor no nervo ciático. É uma dor que vai e volta. Tem dias que nem sinto e tem dias que mal consigo andar. Normal.

Nessa gravidez, resolvi não fazer nenhuma atividade física. Tudo porque tenho medo de ter novamente um filho prematuro. Não que necessariamente quem tem um prematuro, terá outros também. Mas as chances de acontecer de novo, diminuem. Na minha primeira gravidez, perdi muito líquido amniótico. E isso é muito perigoso. As recomendações nesse caso são: beber muita água e fazer repouso. Por isso, optei em esperar ela nascer, para depois retomar minhas atividades físicas. Em um outro post, contarei mais sobre como foi o nascimento prematuro do João Paulo. No mais, eis aqui a Bárbara!

image

Mais
compartilhe
02.maio.2014 - 12:13h
Mais
compartilhe
01.maio.2014 - 17:22h
Mais
compartilhe
04.abr.2014 - 16:23h
Mais
compartilhe
03.abr.2014 - 16:50h
Mais
compartilhe