14.maio.2014 - 16:09h

João Paulo

Esse é meu pequeno guerreirinho, João Paulo! Como perdi muito líquido aminiotico durante a gravidez, ele precisou nascer com 34 semanas. É claro que levei um susto quando soube, pois sabia que ele teria que ficar na UTI Neonatal por tempo indeterminado. O nascimento dele foi emocionante, lindo e rápido! Mas o ruim foi ver ele sendo levado rapidamente para a incubadora e longe de mim. Naquele dia, 17/01/2012, não vi mais ele. Fui levada para o quarto e tive que esperar até o dia seguinte, para visita-lo na UTI Neonatal. Não dá para descrever o que foi aquele dia para mim. Ao mesmo tempo que foi o dia mais emocionante, foi o de mais angústia. O pulmãozinho não estava totalmente preparado, por isso precisou ficar internado.
O mais difícil foi ter alta e ele não. Eu chegava as 09h da manhã no hospital, todos os dias e ia embora as 22h. Ficava o tempo todo do lado dele. Inesquecível foi o dia que pude finalmente carrega-lo no colo. Tão pequeno, frágil, ainda não respirava sem ajuda. Podia ficar somente uns minutos no meu colo, pois quando ele ficava fora da incubadora, a saturação dele caía. O ambiente da UTI é bem diferente do que eu imaginava. Extremamente barulhento, devido aos sons dos aparelhos. Super necessário. No primeiro dia, ficava tentando entender o que eram aqueles apitos, olhava aqueles números nos monitores e não entendia nada. Aos pouco fui entendendo e assim, ficava mais tranquila. Foram longos 10 dias de UTI. Uma coisa que me ajudou muito a passar por tudo isso, além das enfermeiras super atenciosas, foi o apoio e troca que tive das outras mães. Conversávamos muito e uma ajudava a outra. Só tenho a agradecer. Lembro que quando o João Paulo teve alta, fiquei com muito medo! Medo de não saber cuidar, de ter mais apnéias, de ser tão frágil… Falaram até que eu precisaria contratar uma babá ou enfermeira, mas achei melhor não. O que ele mais precisava era de mim. E assim foi. Não é a toa que dizem que quando um filho nasce, uma mãe nasce junto. Parei tudo e me dediquei totalmente a ele.
Hoje ele está com 2 anos, super forte e saudável! Para as mamães que também passam por isso, fiquem tranquilas. Sei que é difícil, mas se não tiver condições do bebê continuar a se desenvolver dentro da barriga, o melhor lugar para ele é na UTI Neonatal. Eu só tenho a agradecer o cuidado, a atenção e o carinho que os médicos e enfermeiras do hospital São Luiz tiveram com meu filho. 😉

 

JP na incubadora

JP na incubadora

A primeira vez que o carreguei no colo

A primeira vez que o carreguei no colo

Melhorando a cada dia

Melhorando a cada dia

Se aconchegando no colinho da mamãe

Se aconchegando no colinho da mamãe

Meu amorzinho

Meu amorzinho

Já usando roupinhas

Já usando roupinhas

Finalmente o dia que recebi a notícia mais maravilhosa do mundo: ele recebeu alta! Na foto com as enfermeiras Margareth e Joyce.

Finalmente o dia que recebi a notícia mais maravilhosa do mundo: ele recebeu alta! Na foto com as enfermeiras Margareth e Joyce.

Deixando o hospital!

Deixando o hospital!

João Paulo todo forte e saudável agora, com 2 anos!

João Paulo todo forte e saudável agora, com 2 anos!

Mais
compartilhe

11 comentários em “João Paulo

  1. Barbara

    Patty, que lindo! Não sabia que ele foi prematuro, nem parece! Parabéns pela força e dedicação!! Com certeza minha xarazinha vai ganhar a melhor mamãe que ela poderia ter! Saudades, beijos, Barbara.

    Responder
  2. Helena Pazzetti

    Eu também sou mãe de UTI, de gêmeos. Eles nasceram também com 34 semanas e foi exatamente pelo mesmo motivo que vc, perda de líquido amniótico em uma das bolsas. Me vi no seu post, e acho essencial que pessoas públicas como você façam postagens como essa, pra que saibamos que não estamos sozinhas nunca. E que passa. Os meus farão 8 anos em breve e também estão lindos, fortes e saudáveis. Se quiser saber mais um pouquinho da nossa história: http://maesamigas.com.br/engravidei-gravida-e-sou-mae-de-gemeos/
    Grande beijo!

    Responder
    1. Patricia Salvador Post author

      Helena, acabei de ler sua história. Parabéns! Emocionante!
      Também acho que foi difícil, na época, passar por isso. Mas acredito que o que tem que ser, será. E até isso, eu agradeço por ter passado.
      Seus filhos são lindos! Desejo muita saúde para sua família linda!
      Beijos
      Paty

      Responder
  3. brenda vieira

    Patrícia
    que Deus sempre ilumine seus passos e do João para que susto como esse nunca mais aconteça muita saúde e paz para a família bjusssss.

    Responder
  4. Adriane Oliveira

    Oi Patrícia!!!
    Que linda história e que bom que deu tudo certo! Meu filho Henrique também nasceu prematuro com 34 semanas. No mu caso eu tenho incompetência istmo-cervical, que é o colo flácido, e que não consegue manter a gravidez por mais que 24 semanas. Para que seja mantida a gravidez, tenho que fazer um procedimento chamada cerclagem em que o colo é costurado para aguentar levar a gravidez. Tenho que fazer repouso também. Mas, aí com 34 semanas comecei a ter contrações por conta de infecção (q a própria cerclagem pode fazer dar). Aí perdi líquido também e o Henrique teve que nascer. Foi tudo do mesmo jeito q aconteceu com vc. Ele nasceu rápido e já foi pra UTI, pois estava com infecção e respiração cansada. Ficou 19 dias internado. Meu melhor dia depois do nascimento foi pegá-lo no colo e amamentar!!! Mas graças a Deus deu tudo certo e ele hoje é super saudável. Já tive uma menina que nasceu com 23 semanas e não resistiu. Ainda não sabia do problema e só dá pra saber durante a gravidez. Mas sou muito grata Deus por ter dado a minha benção chamada Henrique! Sou sua fã e te admiro muito!!!! Parabéns pela gravidez!!! Que Deus abençoe vc e sua princesinha que ainda está na barriga!! Bjooooo

    Responder
  5. Francielle Pompeu Imagawa

    Nossa Patrícia não imaginava que tinha passado por tudo isso. Eu sei como é pois a minha filha também nasceu prematura de 36 semanas e ficou na UTI Neo Natal por 8 dias para ganhar peso, pois nasceu com 1.935kg. É difícil pois querendo levar logo eles para casa … hoje ela tem 5 anos e é super forte e linda, uma bonequinha. E seu João Paulo também é uma gracinha, super simpático e esperto. Tive a oportunidade de conhecer ele nas convenções da Jequiti que fui. grande beijo e que sua filhinha agora venha com muita saúde. bjs Francielle Pompeu Imagawa – Curitiba.

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *